Jardim

Como fertilizar framboesas em abril e maio? Um procedimento perfeito garante uma colheita dupla

205views

A fertilização das framboesas é um fator chave para alcançar a boa qualidade, quantidade, sabor e tamanho dos frutos. Neste artigo de hoje vamos nos concentrar em como fertilizar framboesas durante abril e maio.

Em abril é necessário aplicar fertilizante nitrogenado, que vai ajudar as framboesas a crescerem mais rápido. Nitrato de amônio e uréia são ideais para essa finalidade. São fertilizantes aplicados na quantidade de 30-40 g por 1 metro quadrado ou 15-20 g por 1 metro quadrado.

Quando você não tem uréia em casa

Alternativamente, é possível utilizar uma solução de amônia na quantidade de 30 g de nitrato de amônio diluído em 10 litros de água por 1 metro quadrado, que é aplicada como curativo. Lembre-se que antes do pleno desenvolvimento das folhas é necessário tratar as framboesas com fungicidas contra diversas doenças.

Como fertilizar framboesas em maio

Fertilizantes com fósforo e potássio são necessários em maio. Para este período, recomenda-se a utilização de cinza de madeira, que contém os dois nutrientes desejáveis. Use duas xícaras de cinza de madeira para cada 10 litros de água e deixe em infusão durante a noite. Em seguida, aplique como curativo (não é necessário coar).

O que mais observar

Também é importante não se esquecer da rega regular e da remoção oportuna de ervas daninhas. As framboesas também devem ser podadas ocasionalmente para remover os rebentos fracos e doentes. A fertilização de alta qualidade, aliada à manutenção regular, trará frutas que além de saborosas, são ricas em vitaminas e minerais. A fertilização de framboesas é um procedimento fundamental para obter frutos grandes, saborosos e de alta qualidade. Cuida não só da produtividade, mas também da saúde das plantas. Portanto, você definitivamente não deve negligenciá-los de forma alguma.

Fonte:

Qual é a história das framboesas?

A framboesa, conhecida pelo nome técnico Rubus idaeus, é uma fruta que tem uma longa e fascinante história. Originárias da Europa e da Ásia, fazem parte da família Rosaceae, que também inclui outras frutas como maçãs e cerejas. A história das framboesas remonta aos tempos pré-históricos, quando eram colhidas e consumidas pelo homem na natureza.

Na Idade Média, as framboesas começaram a ser cultivadas na Europa, aumentando a sua importância como fruta cultivada. As framboesas eram cultivadas pelos seus frutos, mas também pelas suas propriedades curativas, muito valorizadas na medicina tradicional. A fruta tem sido usada para tratar diversos problemas de saúde, desde diarreia até complicações na gravidez.

Com o desenvolvimento do comércio e das viagens na era moderna, as framboesas se espalharam por outras partes do mundo, incluindo a América do Norte, onde se tornaram uma fruta popular. A chegada dos europeus à América do Norte trouxe novos tipos de framboesas, que posteriormente foram cruzadas com espécies nativas, criando novas variedades com melhor sabor e maior resistência a doenças.

Os séculos 19 e 20 testemunharam um grande desenvolvimento no cultivo da framboesa, à medida que as técnicas de cultivo e processamento melhoraram. Surgiram novas variedades mais resistentes e com melhor sabor, aumentando a popularidade das framboesas como fruta cultivada comercialmente.

Hoje, as framboesas são uma parte importante do mercado mundial de frutas, são cultivadas em muitos países ao redor do mundo e são valorizadas não só pelo seu sabor excepcional, mas também pelos seus benefícios para a saúde. Contêm vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras, o que os torna um excelente complemento para uma alimentação saudável.

Leave a Response